“Marisa morreu triste”

Esta foi a frase de afirmação proclamada pelo ex presidente Lula no velório de sua esposa Marisa Letícia.

A ex primeira dama faleceu após sofrer um AVC e ter sua morte cerebral constatada, após alguns dias de internação.

Muito se falou nas redes sociais, que mais uma vez virou um pandemônio ficou extremamente dividida entre comemorar o falecimento de Marisa e repudiar tal comportamento. Ainda teve quem culpasse diretamente o juiz Sério Moro vulgo Deus pelo acontecimento.

Lula cuidado com a carteira não perdeu a oportunidade, e trasformou o velório de sua falecida esposa em palanque eleitoral comício, exaltando seu partido político organização criminosa, culpando a “canalhice” e a “maldade” que fizeram com ela what?,  e ainda cobrou pedido de desculpas.

Mesmo com todos os esfoços empregados por parte da sociedade para manter a humanidade e o coração aquecido ao ponto de não celebrar a morte da ex primeira dama por questões politicas e sociais bandido bom é bandido morto, o ex presidente mostrou não ter se esforçado tanto assim para respeitar o falecimento de sua companheira de 43 anos de crime casamento.

Embora tenha sido romântico ou falso ao deixar como seu ultimo recado, em uma coroa de flores, dizendo  “Minha galega: agora o céu ganha a estrela que iluminou minha vida”, Lula aproveitou o ensejo para discursar e dizer que não tem medo de ser preso. Segundo ele “Se alguém tem medo de ser preso, este que está aqui, enterrando sua mulher hoje, não tem. Não tenho que provar que sou inocente. Eles que precisam dizer que a mentiras que estão contando são verdadeiras”.

Lula encontrava-se tão consternado com o falecimento de Marisa, que ainda encontrou espaço para criticar Temer em um momento super oportuno.

sem dedo ex presidente falou por vinte minutos no enterro de sua esposa, usando maior parte do tempo para falar mais de si mesmo do que da própria falecida.

Dentre suas palavras, Lula falou sobre sindicato, partido, aproveitou a oportunidade para acusar a “direita canalha”. Embrulhou o caixão de sua falecida esposa com a bandeira do PT junto a bandeira do Brasil. Deixou clara a sua indignação com a operação Lava-Jato e a “tristeza” que esta operação teria causado a Marisa.

Afinal, todo evento é sempre uma boa oportunidade para falar de política. E um enterro não seria diferente. Né non?

#quemnunca? #Lula2018 #ComícioNoVelório

16427274_1186834781436692_4770896795065811032_n

Texto escrito para a minha coluna lá no Capinaremos.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s