Desaprender a amar

Eu sentia falta dos pés dela. Toda vez que pensava na ex-namorada, lembrava dela deitada no sofá, com os pés no meu colo. Enquanto conversávamos ou víamos televisão, eu apertava  aqueles pés descalços e macios, numa massagem sem pressa e sem censura. Sempre soube que aquilo me dava prazer, mas não poderia antecipar que aquela […]

Quem é seu cúmplice?

Ando obcecado nos últimos dias pela ideia de cumplicidade. Na confusão sentimental em que a gente vive, ela virou uma régua para medir a importância das relações. Com quem você faz sexo já não conta muito. De quem você gosta, também não: às vezes a pessoa não quer você; outras vezes deixou de querer. Mesmo […]

Conte comigo

(…) afeto é compromisso. Os problemas do outro passam a ser parte dos meus problemas, minhas dores são em alguma medida as dores dele. Eu cuido dele e ele cuida de mim. Não deixei de ser eu, ele tampouco deixou de ser ele, mas há um projeto que nos vincula e nos torna responsáveis um pelo […]